• Em Campinas No quinto set, Vôlei Brasil Kirin vence Montes Claros Vôlei

    No quinto set, o Vôlei Brasil Kirin (SP) alcançou uma importante vitória na Superliga masculina de vôlei 16/17. Neste sábado (18.02), o time campineiro passou pelo Montes Claros Vôlei (MG) por 3 sets a 2 (18/25, 25/22, 25/16, 21/25 e 15/9), em 2h11 de jogo, no ginásio Taquaral, em Campinas (SP). A partida foi válida pela sétima rodada do returno.  O Vôlei Brasil Kirin continua em quarto lugar, com 40 pontos (14 vitórias e quatro derrotas). O Montes Claros Vôlei é o quinto colocado, com 32 pontos (10 resultados positivos e oito negativos). O Sada Cruzeiro lidera, com 53 pontos.  O líbero Tiago Brendle foi eleito o melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei, , programa de responsabilidade social da CBV que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei. O líbero fez uma análise da atuação do time campineiro.  "Eles começaram a partida nos pressionando muito no saque e nós não conseguimos sair dessa situação. A partir do segundo set estabilizamos o nosso passe, nos estruturamos e saímos de uma situação difícil. O time está de parabéns por essa vitória que vai nos ajudar na nossa classificação para o playoff", disse Tiago Brendle.  O Vôlei Brasil Kirin voltará à quadra na próxima quinta-feira (23.02), às 21h55, contra o Sesi-SP, na Vila Leopoldina, em São Paulo. Já o Montes Claros Vôlei se prepara para a disputa do Sul-Americano de clubes.  Outros jogos  Jogando em casa, o Vôlei Taubaté (SP) levou a melhor no duelo contra o Sesi-SP. A equipe do treinador Cezar Douglas venceu o time da capital paulista por 3 sets a 0 (25/21, 25/17 e 25/22), em 1h25 de jogo, no ginásio do Abaeté, em Taubaté. O levantador Rapha brilhou e ficou com o Troféu VivaVôlei. Quem também teve boa atuação foi o oposto Wallace, maior pontuador da partida, com 17 acertos.  O Lebes Gedore Canoas (RS) conseguiu um bom resultado na busca por um lugar no playoff da Superliga 16/17. O time de Canoas venceu o Caramuru Vôlei/Castro (PR) por 3 sets a 0 (25/21, 25/18 e 25/22), em 1h26 de jogo, em Castro (PR). O ponteiro Alison Bastos se destacou e ficou com o Troféu VivaVôlei. O atacante ainda foi o maior pontuador do confronto, com 25 pontos.  O JF Vôlei (MG) levou a melhor no duelo mineiro contra o Minas Tênis Clube (MG). A equipe de Juiz de Fora superou o time de Belo Horizonte por 3 sets a 2 (33/31, 16/25, 25/19, 19/25 e 15/10), em 2h28 de jogo, na UFJF. O ponteiro Ricardo se destacou e levou o Troféu VivaVôlei para casa. O oposto Renan também teve grande atuação e foi o maior pontuador do confronto, com 27 acertos. EQUIPES: Vôlei Brasil Kirin - Rodriguinho, Rivaldo, Bruno Temponi, Diogo, Maurício e Vini. Líbero - Tiago Brendle  Entraram - Jotinha e Mineiro  Técnico - Horácio Dileo Montes Claros Vôlei - Murilo, Luan, Jonatas, Bob Salsa e Rafael. Líbero - Gian Entraram - Cleber, Ale e Índio  Técnico - Marcelinho Ramos  SÉTIMA RODADA DO RETURNO  18.02 (SÁBADO) - São Bernardo Vôlei (SP) 3 x 2 Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 11h, no Adib Moyses Dib, em São Bernardo (SP) (17/25, 21/25, 25/21, 25/22 e 15/12)  18.02 (SÁBADO) - Sada Cruzeiro (MG) 3 x 0 Bento Vôlei Isabela (RS), às 14h10, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG) - (25/18, 25/18 e 25/17)  18.02 (SÁBADO) - JF Vôlei (MG) 3 x 2 Minas Tênis Clube (MG), às 18h, na UF JF, em Juíz de Fora (MG) (33/31, 16/25, 25/19, 19/25 e 15/10) 18.02 (SÁBADO) - Funvic Taubaté (SP) 3 x 0 Sesi-SP, às 18h30, no Abaeté, em Taubaté (SP) (25/21, 25/17 e 25/22) 18.02 (SÁBADO) - Caramuru Vôlei/Castro (PR) 0 x 3 Lebes Gedore Canoas (RS), às 20h, no Padre José Pagnacco Castro, em Castro (PR) (21/25, 18/25 e 22/25)  18.02 (SÁBADO) - Vôlei Brasil Kirin (SP) 3 x 2 Montes Claros Vôlei (MG), às 21h30, no Taquaral, em Campinas (SP) (18/25, 25/22, 25/16, 21/25, e 15/9) O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro Read More
    Superliga
  • Revanche No embalo dos aces, Evandro/André reeditam final com Álvaro/Saymon em Maceió

    A torcida pedia e Evandro atendia. O carioca de 2,10m brilhou com aces e, junto do parceiro André Stein (ES), avançou à final da etapa de Maceió (AL) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia. A disputa pelo ouro, marcada para 11h (de Brasília) deste domingo (19.02), será contra Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), em uma reedição da decisão da etapa de Fort Lauderdale (EUA) do Circuito Mundial 2017, no último domingo.  A decisão da sétima etapa da temporada 2016/2017 terá transmissão ao vivo do SporTV 2, além de entrada franca aos torcedores na arena montada na Praia da Pajuçara. Uma hora antes da final, acontece a disputa da medalha de bronze do torneio masculino, com Pedro Solberg/Guto (RJ) enfrentando Oscar e Hevaldo (RJ/CE).  Evandro e André superaram Pedro Solberg e Guto na semifinal ao vencerem por 2 sets a 1 (25/23, 19/21, 14/16). O carioca brilhou com um ace e um ponto de saque quando a dupla perdia por dois pontos no tie-break . Evandro destacou as virtudes da dupla, que venceu duas vezes os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt em Maceió. "Fomos muito parceiros, muito unidos. Eu estive mal em alguns momentos, o André em outros, mas sempre demos a mão. Nunca deixamos de acreditar. Acredito que esse foi o segredo da nossa boa campanha. Os saques são algo que treino muito, um trabalho intenso. Quando erro, fico ‘maluco’, felizmente eles entraram, e entraram na hora certa", disse Evandro, que também destacou o apoio da torcida. "Adoro jogar em Maceió, passei férias e acho um dos lugares mais lindos do Brasil. O apoio da torcida foi muito bacana, se pudesse, colocaria aquela mesma galera pedindo ace na final. Sabemos que temos um grande time pela frente, vamos descansar e nos preparar". Alvinho e Saymon (PB/MS) avançaram à final após superarem Oscar e Hevaldo (RJ/CE) na semi, vencendo de virada: 2 sets a 1 (21/16, 12/21, 13/15), em 1h05. O paraibano analisou o desempenho do time no tour, chegando pela sexta vez à final em sete etapas. "São sete etapas entre os semifinalistas do Brasileiro, além do título nos Estados Unidos, então ficamos muito felizes de ver esse trabalho dando resultado. Só tenho a agradecer toda nossa comissão técnica, nossos familiares, que nos apoiam. Todos os envolvidos. Agora vamos descansar e nos recuperarmos para amanhã", disse Alvinho, que completou. "Oscar e Hevaldo são um time muito bom, combinam várias qualidades. São excelentes levantadores, excelentes passadores, proporcionam grande volume de jogo. É um time muito versátil, nunca é fácil jogar contra eles, mas o Saymon ajudou demais com ótimos bloqueios". Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas. A temporada do Circuito Brasileiro Open 2016/2017 começou em setembro do ano passado, e Maceió (AL) será a sétima parada dos nove eventos programados. As próximas cidades que receberão o tour nacional em 2017 serão Aracaju (SE), em março, e Vitória (ES), em abril. VEJA A GALERIA DE FOTOS  http://voleidepraia.cbv.com.br/galeria/1803/maceio-al---18.02.2017---semifinais-circuito-brasileiro VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO TORNEIO MASCULINO: http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=21&sexo=m O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro Read More
    Vôlei de Praia
  • boa disputa Larissa/Talita e Ágatha/Duda fazem terceira final seguida, agora em Maceió (AL)

    Em Maceió (AL) - 18.09.2017 Um tira-teima para Larissa/Talita (PA/AL) e Ágatha/Duda (PR/SE) na etapa de Maceió (AL) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia. As duplas venceram seus compromissos pelas quartas e semifinais neste sábado (18.02) e se enfrentam em uma final pelo terceiro torneio seguido. A disputa ocorre neste domingo (19.02), na arena montada na Praia de Pajuçara, a partir das 11h50 (de Brasília). O SporTV 2 transmite ao vivo. A disputa da medalha de bronze em Maceió (AL) será entre Elize Maia/Taiana (ES/CE) e Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ), a partir das 9h. É exatamente a mesma ordem de confrontos da etapa anterior, em João Pessoa (PB). Na oportunidade, Elize e Taiana levaram o bronze, Larissa/Talita a prata, e Ágatha/Duda conquistaram a medalha de ouro. Após a vaga na semifinal, Duda relembrou dois momentos marcantes em Maceió (AL). Foi na cidade que ela venceu a primeira etapa de Circuito Mundial na carreira, e agora a capital alagoana é palco de um reencontro com os familiares. "Quase todas as duplas brasileiras disputaram ou disputam o Circuito Mundial, são vários times fortes. Sempre será difícil. Eu gosto muito dessa cidade, e tenho a oportunidade de ver toda a minha família, pois é próximo de Sergipe", disse Duda, que completou.  "Essa energia é muito importante, principalmente agora que moro no Rio de Janeiro. Ver que eles ficam felizes, torcendo por mim, é incrível. A Ágatha me ajudou muito na semifinal, me acalmou nas horas difíceis, então quero agradecer a todo mundo". Para chegar à final, Ágatha e Duda, campeãs da etapa de João Pessoa (PB) vencendo justamente Larissa e Talita, superaram Elize Maia e Taiana (ES/CE). Triunfo por 2 sets a 0 (21/17, 21/14), em 35 minutos de duração.  Já Larissa e Talita entram em quadra ‘soltas’, tendo garantido o título da temporada 2016/2017 por antecipação, na última sexta-feira. Talita, que é sul-mato-grossense, mas é federada por Alagoas, comentou o tira-teima contra a medalhista olímpica e sua nova parceira. "Tivemos algumas desatenções no segundo set, mas o importante é que conseguimos retomar o placar, sempre deixando elas em uma situação difícil. Acho que Ágatha e Duda estão muito bem, um time novo, mas que já apresenta um belo trabalho. Nosso circuito é muito forte e será um grande jogo. Isso demonstra que o Brasil está muito bem representado", destacou a atleta olímpica. Cada dupla campeã de uma etapa do Open soma 400 pontos no ranking da temporada, além de levar para casa um prêmio de R$ 45 mil. Todas as equipes são premiadas, e somando os dois naipes, o torneio distribui mais de R$ 420 mil aos atletas. A temporada do Circuito Brasileiro Open 2016/2017 começou em setembro do ano passado, e Maceió (AL) será a sétima parada dos nove eventos programados. As próximas cidades que receberão o tour nacional em 2017 serão Aracaju (SE), em março, e Vitória (ES), em abril. VEJA A GALERIA DE FOTOS  VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO TORNEIO FEMININO: http://www.aplicativoscbv.com.br/circuitobb/tabopen/tabelatodas.asp?site=21&sexo=f O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro Read More
    Vôlei de Praia
  • Invencibilidade mantida Em duelo de invictos, Hinode/Barueri leva a melhor

    A quinta rodada da Superliga B feminina 2017 chegou ao fim neste sábado (18.02) com a realização de duas partidas. Com os resultados dos confrontos a tabela sofreu modificações importantes, no entanto, a liderança continua com o Hinode/Barueri (SP), única equipe com 100% de aproveitamento. O time paulista venceu o confronto com o ADC Bradesco (SP), que até então também estava invicto, por 3 sets a 1 (25/23, 25/20, 20/25 e 25/14), em 1h57 de jogo na Arena Bradesco, em Osasco (SP). No complemento da rodada, o São José dos Pinhais (PR) conseguiu a segunda vitória consecutiva e bateu o ACV/UnoChapecó/Orbenk (SC), de virada, por 3 sets a 1 (22/25, 25/16, 25/20 e 25/17), em 1h50 no Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR). Agora a equipe paranaense subiu para a quarta posição, e o clube catarinense é o sexto. Na noite desta sexta-feira (17.02), abrindo a quinta jornada, o São Bernardo (SP) venceu o BRH-Sulflex/Clube Curitibano (PR) no tiebreak (25/15, 25/19, 14/25, 21/25 e 15/9), em 2h15, de confronto no Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP). Com o resultado o time paulista soma sete pontos e está na terceira posição. SUPERLIGA B FEMININA 2017 QUINTA RODADA 17.02 (SEXTA-FEIRA) São Bernardo (SP) 3x2 BRH-Sulflex/Clube Curitibano (PR), no Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo (SP) (25/15, 25/19, 14/25, 21/25 e 15/9) 18.02 (SÁBADO) ADC Bradesco (SP) 1x3 Hinode/Barueri (SP), na Arena Bradesco, em Osasco (SP) (23/25, 20/25, 25/20 e 14/25) São José dos Pinhais (PR) 3x1 ACV/UnoChapecó/Orbenk (SC), no Ney Braga, em São José dos Pinhais (PR) (22/25, 25/16, 25/20 e 25/17) O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro Read More
    Superliga B
  • É campeão Rexona-Sesc conquista quarto título sul-americano

    O Rexona-Sesc (RJ) conquistou o quarto título do Sul-americano Feminino de clubes, ao vencer o Dentil/Praia Clube (MG) por 3 sets a 1 (25/19, 20/25, 25/19 e 25/10), neste sábado (18.02), em Uberlândia. Com a vitória, o time do técnico Bernardinho garantiu sua classificação para o Mundial de Clubes, em maio, em Kobe, no Japão. Na partida decisiva, que durou 1h39min, a ponteira Alix, do Dentil/Praia Clube, foi a maior pontuadora, com 20 pontos. Pelo Rexona-Sesc a oposta Monique marcou 10 pontos, enquanto a ponteira Gabi foi eleita a melhor jogadora da competição. Satisfeita com o resultado e com a possibilidade de disputar mais uma competição internacional, a líbero Fabi elogiou a atuação adversária. “O Praia Clube jogou muito bem, apesar do quarto set. Estou muito feliz com mais essa conquista e com a oportunidade de buscar um título inédito no Mundial”, comentou. Já a central Fabiana, do Dentil/Praia Clube, disse que seu time começou bem, mas não soube manter o ritmo de jogo. “Paramos no terceiro e quarto sets, com muitos erros. A gente tem que ser mais conjunto para poder brigar de igual para igual”, destacou. O primeiro set foi marcado pelo nervosismo e erros de ambas as equipes. O Rexona-Sesc abriu o placar, mas a partida seguiu equilibrada e disputada ponto a ponto. O Dentil/Praia chegou estar à frente no placar (9/8 e 17/16), mas, com um erro de ataque adversário, o Rio abriu 20/17. O técnico Ricardo Picinin, do Praia Clube, parou o jogo pela segunda vez, quando seu time perdia por 22/18, mas o Rexona-Sesc soube aproveitar melhor as chances de ataque para fechar em 25/19, com ponto da ponteira Anne. No segundo set, o jogo começou favorável ao Dentil/Praia Clube. Melhor na defesa e no ataque e com uma boa atuação da central Fabiana, o time da casa comandou o placar a partir da virada de 2/1. O técnico Bernardinho pediu seu segundo tempo quando o time perdia por 14/9. A partida seguiu com maior domínio do Praia Clube, graças a distribuição segura da levantadora Claudinha e boa atuação da central Fabiana, fechando o set em 25/20. O terceiro set foi muito disputado. O Rexona-Sesc, porém, conseguiu ser mais eficiente na defesa e aproveitou melhor as chances de ataque, o que fez a diferença para fechar em 25/19. No quarto set, o time do Rio dominou o adversário desde o início, que, aparentemente abatido, cometeu muitos erros, sem conseguir se recuperar da derrota no set anterior. O Rexona-Sesc fechou a parcial em 25/10 e o jogo em 3 a 1. O Rexona-Sesc começou o confronto decisivo com a levantadora Roberta, a oposta Monique, as ponteiras Buijs e Gabi, as centrais Carol e Juciely e a líbero Fabi. Entraram a levantadora Camilla Adão, a oposta Helô, a ponteira Drussyla, a central Mayhara. Pelo Dentil/Praia Clube iniciaram a levantadora Claudinha, a oposta Ramirez, as ponteiras Michelle e Alix, as centrais Fabiana e Walewska e a líbero Tássia. Entraram a levantadora Jú Carrijo, as ponteiras Ellen e Carla e a oposta Malu. SELEÇÃO DO SUL-AMERICANO DE CLUBES:  Melhor levantadora: Roberta (Rexona-Sesc) Melhor oposta: Monique (Rexona-Sesc) Melhores ponteiras: Alix (Dentil/Praia Clube) e Leyva (San Martin) Melhores centrais: Fabiana e Walewska (Dentil/Praia Clube)Melhor libero: Fabi (Rexona-Sesc)MVP - Gabi (Rexona-Sesc) Tabela do Sul-Americano feminino de clubes: GRUPO A – Dentil/Praia Clube (BRA), Villa Dora (ARG) e Olympic (BOL) GRUPO B – Rexona-Sesc (BRA), San Martin (PER) e Boca Juniores (ARG) 1ª fase 14.02 (TERÇA-FEIRA) – Villa Dora (ARG) 3 x 0 Olympic (BOL), às 19h30, em Uberlândia (MG) (25/6, 25/17 e 25/19)14.02 (TERÇA-FEIRA) – Rexona-Sesc (BRA) 3 x 0 Boa Juniores (ARG), às 19h, em Uberaba (MG) (25/17, 25/8 e 25/8) 15.02 (QUARTA-FEIRA) – San Martin (PER) 3 x 0 Boca Juniores (ARG), às 19h, em Uberaba (MG) (25/22, 25/18 e 25/22)15.02 (QUARTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 Olympic (BOL), às 19h30, em Uberlândia (MG) (25/2, 25/5 e 25/6) 16.02 (QUINTA-FEIRA) – Rexona-Sesc (BRA) 3 x 0 San Martin (PER), às 19h, em Uberaba (MG) (25/16, 25/11 e 25/16)16.02 (QUINTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 Villa Dora (ARG), às 19h30, em Uberlândia (MG) (25/15, 25/11 e 25/13) Semifinais 17.02 (SEXTA-FEIRA) – Rexona-Sesc (RJ) 3 x 0 Villa Dora (ARG), às 18h30, em Uberaba (MG) (25/10, 25/6 e 25/17)17.02 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 San Martin (PER), às 20h30, em Uberaba (MG) (25/18, 25/23 e 25/13) Final 18.02 (SÁBADO) – Dentil/Praia Clube (MG) 1 x 3 Rexona-Sesc (RJ), às 19h, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) – SporTV (25/19, 20/25, 25/19 e 25/10) O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro Read More
    Quadra
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Superliga 2016-2017

Open 7ª Etapa Ao vivo

Vôlei na TV

24/02 21:30 SUPERLIGA FEMININA
TERRACAP/BRB/BRASÍLIA VÔLEI X REXONA-SESC
03/03 21:30 SUPERLIGA FEMININA
REXONA-SESC X VÔLEI NESTLÉ
04/03 14:10 SUPERLIGA FEMININA
DENTIL/PRAIA CLUBE X CAMPONESA/MINAS
04/03 20:30 SUPERLIGA MASCULINA
SADA CRUZEIRO VÔLEI X SESI-SP

Superliga

Vôlei Praia

Vôlei Quadra

Seleções