Izabel/Érika e Fabinho/Murilo tentam repetir São Luis no challenger do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia

05 Jul 2005
Izabel/Érika e Fabinho/Murilo tentam repetir São Luis no challenger do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia

Palmas (TO), 02/07/2005 – Izabel/Érika (PA/RN) e Fabinho/Murilo (CE/PE) vão buscar amanhã, em Palmas, o segundo título consecutivo no Challenger do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia. Vencedores em São Luis, Izabel e Érika enfrentarão Mônica Monteiro/Ângela (RS/DF), enquanto Fabinho e Murilo jogarão contra Rodrigo/Bruno (CE/AM).

Na decisão de terceiro lugar, Sandra Mathias/Elaine (RJ/PE), dupla vice-campeã na etapa maranhense, enfrenta Alexandra/Val (RJ/AM). No masculino, os pernambucanos Lula e Adriano terão o cearense Roberto Lopes e o conterrâneo Fabiano como adversários. A programação será iniciada às 8 horas. As finais começarão às 10 horas.

Nas semifinais, Izabel e Érika venceram Sandra Mathias e Elaine (RJ/PE) por 2 sets a 0, com parciais de 18/14 e 18/13. Izabel e Érika tiveram que disputar uma partida a mais neste sábado por causa da derrota sofrida no primeiro dia de competição.

“Foi uma vitória da superação. Estava com febre ontem, mas a vontade e a ajuda da parceira são fundamentais em qualquer equipe Não tem jogo fácil e o nível é muito alto. O que prevalece mesmo é a união dentro da quadra”, afirmou a potiguar Érika.

Terceiras colocadas na etapa de São Luis, Ângela e Mônica Monteiro chegam à final em Palmas, invictas, com quatro vitórias. Ângela e Mônica ganharam de Alexandra/Val (RJ/AM) por 2 a 1 (18/08, 12/18 e 15/10).

“Há dois anos joguei pela equipe da Ulbra de Tocantins e ganhamos a fase local. Acho que consegui motivar o grupo”, relembrou Mônica. O entrosamento da dupla, que está junta há dois anos, pode ser um fator importante na final.

“Gostamos muito da Izabel e da Érika, elas estão muito bem preparadas, mas vai depender do momento. Temos entrosamento de jogo, mas não treinamos juntas. Só Deus mesmo”, ressaltou Mônica.

Murilo e Fabinho derrotaram, de virada, os pernambucanos Lula e Adriano nas semifinais por 2 sets a 1 (18/14, 12/18 e 15/11). A partida teve belos momentos, com boas defesas de Fabinho e bloqueios de Murilo.

“Seria um sonho fazer a final das quatro etapas Challenger deste ano. Acho apenas que eu e o Murilo temos que colocar a cabeça no lugar para começarmos bem nos jogos. Tivemos várias vitórias nesta etapa por 2 a 1 porque começamos nervosos. Mas somos muito amigos e é isso que faz a diferença. Um reclama com o outro mas sempre com o intuito de dar força”, afirmou Fabinho.

A exemplo de Murilo e Fabinho, Rodrigo e Bruno também chegam á final da etapa de Palmas com uma derrota. Foi para Lula e Adriano ainda na fase de classificação. Para chegar à decisão, a dupla venceu, de virada, Roberto Lopes e Fabiano por 2 a 1 (16/18, 19/17 e 15/12).

“A nossa dupla é nova, mas a gente se respeita e se admira muito pelo que já conquistamos no vôlei de praia. Mesmo atrás no placar, corremos atrás, acreditando no jogo, e conseguimos provar para nós mesmos que, ganhando ou perdendo, formamos um grande time”, ressaltou Bruno.

Todos os resultados da etapa de Palmas (TO) do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia podem ser vistos no link http://www.cbv.com.br/cbv/circbb/2005/challenger/etapas/palmas.asp

Mais informações:

Assessoria de Comunicação/CBV

SPS Comunicação

Andréa Dias

Felipe Elias

Georgia Infante

Parceiros Oficiais