CIRCUITO BANCO DO BRASIL SUB-23: Léo Morais/Eduardo e Duda/Thaís são campeões em Aracaju

08 Ago 2013
CIRCUITO BANCO DO BRASIL SUB-23: Léo Morais/Eduardo e Duda/Thaís são campeões em Aracaju

RIO DE JANEIRO, 08.08.2013 – Pela quarta etapa do Circuito Banco do Brasil Sub-23, disputada em Aracaju (SE), duas duplas que ainda não tinham sido campeãs na atual temporada da competição fizeram a festa nesta QUINTA-FEIRA (08.08) nas areias da Praia de Atalaia. No masculino, título para Léo Morais e Eduardo. No feminino, para Duda e Thaís, que, neste ano, foram vice-campeãs mundiais sub-23 na Polônia.O paraibano Léo Morais e o carioca Eduardo não deram qualquer chance para os atletas das seleções brasileiras de base, quase todos eles nas semifinais. Na briga por uma das vagas na decisão, vitória sobre Allison, campeão mundial sub-21, e Márcio Gaudie, vice-campeão mundial sub-23, por 2 a 0, com um duplo 21/17, o que fez com que a dupla chegasse ainda mais forte à final.Na outra semi, Fábio/Saymon (CE/MS), parceria que representou o Brasil no Mundial Sub-21, em Umag, na Croácia, levou a melhor sobre o outro campeão mundial sub-21, Guto, que, ao lado do irmão Marcus, não resistiu ao melhor jogo apresentado pelo cearense e pelo sul-matogrossense, que venceram por 2 a 0, parciais de 21/19 e 21/17. Chegada a hora da grande decisão.Mas o momento em Aracaju era mesmo de Léo Morais e Eduardo, que voltaram a jogar bem e conquistaram uma bela vitória sobre Fábio e Saymon por 2 a 0, parciais de 21/16 e 21/13, e garantiram o primeiro título na categoria este ano. Na decisão pelo terceiro lugar, Marcus e Guto derrotaram Allison e Márcio Gaudie por 2 a 0 (21/16 e 21/14) e completaram o pódio.Duda e Thaís conquistam o título no tie breakNo feminino, a sergipana Duda subiu ao lugar mais alto do pódio em casa. Ao lado da carioca Thaís, com quem sagrou-se a segunda melhor dupla do mundo na categoria sub-23 no mês passado, em Myslowice (POL), conquistou o título de forma invicta. E elas chegaram à decisão depois de vencerem Carol Pereira/Mayara (RJ/CE) na semifinal por 2 a 0, parciais de 21/10 e 21/15.A outra vaga na final foi garantida por Sandressa/Fabrine (AL/BA), que bateu Bárbara/Priscila (RJ) por 2 a 1, de virada, parciais de 22/24, 21/9 e 15/9, e também chegava para decidir com 100% de aproveitamento nas areias da capital sergipana. Promessa de um grande jogo. E foi mesmo o que aconteceu, com a final sendo decidida apenas no tie break.Depois de vencerem o primeiro por 21/15, Duda e Thaís perderam o segundo por 21/18. Tudo igual, numa partida bastante equilibrada. Sandressa e Fabrine já jogam juntas há mais tempo, se conhecem bem e não se entregariam. No fim, porém, Duda e Thaís, mais concentradas, fecharam em 15/12 e garantiram o título. O terceiro lugar ficou com Carol Pereira e Mayara, que derrotaram Bárbara e Priscila por 2 a 1 (20/22, 21/16 e 15/12).Priscila/Bárbara, em Campo Grande (MS), Carol Pereira/Mayara, em Sinop (MT), e Rebecca/Carol Horta (CE), em Teresina (PI), haviam conquistado as outras etapas. Já no masculino, Léo Vieira/Anderson Melo (DF/RJ) tinham vencido duas etapas, enquanto Álvaro Andrade/Victor Palis (SE/RJ) conquistou uma. As duas últimas etapas acontecerão em Vitória (ES), de 17 a 19 de setembro, e no Rio de Janeiro (RJ), entre 8 e 10 de outubro.

Parceiros Oficiais