Rio de Janeiro e Paraná ficam no topo do pódio na Urca

Campeões da etapa Sub-17 Campeões da etapa Sub-17 Créditos: Bruno Miani/Inovafoto/CBV

O primeiro evento nacional Sub-17 de Vôlei de Praia teve o Paraná e o Rio de Janeiro no primeiro lugar. As decisões de ambos os naipes foram realizadas na manhã deste domingo (11.09), no Centro de Capacitação Física do Exército, na Urca, zona sul do Rio de Janeiro (RJ). Laís e Duda, do Paraná foram campeãs no torneio feminino, enquanto entre os meninos Johann e Lucas levou a melhor na decisão caseira.

Originais do projeto AMVP de Maringá (PR) Laís e Duda bateram na final Aninha/Carol (MS) por 2 sets a 1 (21/19, 17/21 e 15/11). Antes, elas passaram pela semifinal por Anne/Nathalia (RJ), por 2x0 (21/19 e 21/15). Ao final da decisão Duda estava bastante animada com a conquista.

“Eu jogo vôlei de praia há três anos, tenho a Ágatha e a Larissa como inspiração. Quando soube que o torneio era no Rio de Janeiro fiquei muito empolgada, tinha o sonho de jogar aqui. Vim com o objetivo de ser campeãs, mas minha comissão técnica disse que o importante era fazer o nosso melhor, que o título seria consequência. E foi isso que fizemos, estou muito feliz”, disse a jovem atleta que vem de família de treinadores de voleibol.

O bronze do feminino ficou para Anne e Nathália (RJ), que nem precisaram jogar, com a desistência por lesão da dupla adversária Paola/Anna Beatriz (RJ).

A disputa entre os rapazes também foi decidida no tiebreak com vitória de Johann/Lucas (RJ) sobre Gabriel/João Pedro (RJ) (14/21, 21/16 e 15/12). Vindos do torneio de qualificação, Johann e Lucas conseguiram o primeiro título nacional da dupla de forma invicta, antes, na semifinal, eles passaram por Guilherme/Lucas (RJ) por 2x1 (19/21, 21/14 e 17/15). Muito emocionado e recebendo os cumprimentos de familiares e amigos, Johann quase não conseguia falar ao fim da partida.

“Não tenho palavras, foi muito emocionante esta vitória. Este tiebreak foi o momento mais difícil do campeonato, estávamos muito cansados e foi na base da superação. Estamos jogando juntos há três anos e este foi o nosso primeiro torneio nacional”, contou o jovem atleta ainda bastante emocionado.

Gabriel e Mateus, do Paraná, completaram o pódio com a vitória por 2x1 sobre Guilherme e Lucas (RJ) (14/21, 23/21 e 15/4).

O Circuito Banco do Brasil Sub-17 segue o sistema de seleções estaduais, como ocorre no Sub-19 e Sub-21, com duplas formadas por atletas registrados na mesma federação. Cada estado também é responsável por indicar um treinador.

A competição visa se adequar ao calendário da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), que em 2014 criou o primeiro Mundial Sub-17, disputado no México. Além disso, desde 2004 a entidade alterou a idade do Mundial Sub-18 para Sub-19.

O Circuito BB Sub-17 2016 foi realizado em etapa única. Na última semana, o Centro de Capacitação Física da Urca já havia realizado o Sub-21 e Sub-23. Os estados do Paraná (masculino) e Rio de Janeiro (feminino) são os atuais campeões do Sub-19.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Parceiros Oficiais