Ágatha e Shaylyn acabam com invencibilidade de Larissa e Juliana no Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia e estão na final em Porto Alegre

03 Mar 2007
Ágatha e Shaylyn acabam com invencibilidade de Larissa e Juliana no Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia e estão na final em Porto Alegre

Porto Alegre, 3/3/2007 - Renata/Talita (RJ/AL) e Ágatha/Shaylyn (PR/CE). Estas são as duplas femininas finalistas da primeira etapa do ano do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia, que será definida neste domingo, às 10 horas, com transmissão ao vivo do canal Sportv. No masculino, acontecerá o primeiro confronto da temporada entre Ricardo/Emanuel (BA/PR) e Márcio/Fábio Luiz (CE/ES), equipes que travam o duelo para representar o país nos Jogos Pan-Americano no Rio de Janeiro. Na decisão do terceiro lugar do torneio, que acontece em Porto Alegre, Juliana/Larissa (CE/PA) enfrenta Adriana Behar/Shelda (RJ/CE), enquanto Alison/Harley (ES/DF) joga contra Thiago/Ricardo (SC/PA).

Ágatha e Shaylyn superam Larissa e Juliana

Em janeiro, Ágatha e Shaylyn completaram um ano de parceria. Para ambas, a presença na final foi um grande presente.

“Nossa dupla está junta há um ano. Em 2006, ganhamos experiência e combinamos de ver se haveria a química necessária. Esse ano, decidimos investir na parceria. Essa vitória logo no começo comprova um trabalho realizado há um ano. Não foi de uma hora para outra. E isso eu preciso agradecer a Deus, minha comissão técnica, pelo trabalho realizado, e minha família, por todo apoio que deram. Agora, vamos lutar para que essa final seja a primeira de muitas”, diz Ágatha, com um largo sorriso e visivelmente emocionada.

Em noite inspiradíssima, Shaylyn mostrou, com imensa garra, toda a sua habilidade para conseguir derrotar Juliana e Larissa. “Não podia ser melhor começar a temporada assim. Foi um jogo muito difícil em que ganharia quem tivesse uma margem de erro muito pequena. Nossa dupla conseguiu isso com muito apoio de uma para a outra. E é assim que precisamos agir. Uma dupla só é uma dupla quando uma jogadora ajuda a outra, seja onde for. Agora que conseguimos a vaga na final, vamos lutar muito para conquistarmos esse título”, finaliza Shaylyn.

Renata e Talita mantêm regularidade

Atuais vice-campeãs brasileiras, Talita e Renata garantiram a vaga na final ao superarem Shelda/Adriana Behar por 2 sets a 0, parciais de 18/16 e 18/15. Já Ágatha/Shaylyn derrotaram Juliana e Larissa - as atuais campeãs brasileiras e mundiais – em um jogo emocionante, decidido apenas no tie-break: 2 sets a 1, parciais de 18/16, 16/18 e 15/12.

“A vaga na final mostra que o início do trabalho está sendo bem feito. Em um ano classificatório para os Jogos Olímpicos isso é muito importante. Nós, como todas as outras duplas, estamos buscando dar o que temos de melhor. Começar com o pé direito aqui nos dá mais motivação ainda para conseguirmos a vaga para as Olimpíadas”, disse Renata, que elogiou o crescimento da outra dupla finalista:

“Elas evoluíram bastante. A Ágatha sofreu uma contusão no ano passado e esse ano certamente deve estar com muita vontade de jogar. A Shaylyn é extremamente habilidosa e não tenho dúvidas de que teremos um grande jogo na final”, acredita Renata, que já foi parceira de Shaylyn.

A regularidade conquistada desde meados de 2005 foi ressaltada por Talita. “Estou feliz por conseguirmos o nosso espaço no pódio, principalmente por estarmos mantendo esses resultados desde o segundo semestre de 2005. De lá para cá, estivemos praticamente em todas as semifinais. Agora chegou o momento de nos firmarmos como dupla, de lutarmos pelas vagas do Pan e dos Jogos Olímpicos, além de tentarmos conquistar o título de campeãs brasileiras”.

Ao final da partida, Adriana Behar agradeceu o incentivo de muitos torcedores gaúchos. “É muito bom voltar a jogar com Shelda (que por causa de uma contusão no cotovelo ficou afastada das areias por cerca de seis meses). Estou muito feliz e agradeço o apoio que recebemos aqui”.

Ricardo dá show de bloqueio

O trabalho da temporada foi iniciado há duas semanas, mas Ricardo, eleito o melhor jogador do Circuito Banco do Brasil em 2006 deu show no bloqueio na semifinal contra Thiago e Ricardo. Os campeões olímpicos ganharam por 2 a 1 (20/22, 18/8 e 15/12).

“Estamos fazendo um trabalho dentro de uma preparação para estarmos bem mais para a frente, por isso, chegar à final na primeira etapa do ano é muito bom”, disse Ricardo.

Thiago e Ricardo chegaram pela primeira vez em uma semifinal juntos no Circuito Banco do Brasil e mereceram ios elogios do campeão olímpico, com quem vêm trinando em João Pessoa.

“É muito legal ver a evolução do Thiago e do Ricardo que estão treinando com a gente em João Pessoa. Os dois largaram tudo em suas cidades e acreditaram na nossa equipe.”

O confronto entre Ricardo/Emanuel e Márcio/Fábio Luiz já torneou-se um clássico do vôlei de praia brasileiro e mundial.

“O Márcio e o Fábio jogaram um torneio a mais que nós, mas é um clássico, e um jogo difícil. Já venci aqui, em Porto Alegre, com o Loiola e com o Zé Marco. Falta ganhar com o Emanuel. Se não vencermos, pelo menos sabemos que começamos bem o ano”, completou o atleta baiano.

Fábio Luiz disputa terceira final em 2007

Rei da Praia 2007 e Reis dos Reis, o capixaba Fábio Luiz disputa sua terceira decisão na temporada. Hoje, nas semifinais, Fábio Luiz e Márcio derrotaram Alison e Harley (ES/DF) por 2 a 0 (18/14 e 18/11).

“O torneio ainda não terminou para nós. É importante chegar à final e toda a nossa equipe está de parabéns. Mas eu quero mais do que isso. Acho que 2007 é o meu ano. Tenho trabalhado muito para que isso aconteça. Vou ficar feliz se conseguir nesta temporada o que eu e Márcio obtivemos desde o início de nossa parceria há dois anos. Porém, espero ainda mais”, afirmou o atual Rei da Praia.

“Como o Romário diz: o atleta joga mais quando é um clássico. Este confronto já tornou-se um clássico”, completou Fábio. Em 2006, Ricardo e Emanuel ganharam três dos quatro confrontos decisivos no Circuito Banco do Brasil contra os rivais.

Parceiros Oficiais