Brasil segue com força total para as oitavas de final na China

Rafael enfrenta o bloqueio iraniano Rafael enfrenta o bloqueio iraniano Créditos: GettyImage/FIVB

A campanha brasileira no Mundial Sub-21 de vôlei de praia continua positiva. Na última rodada da fase de grupos, realizada na madrugada desta quinta-feira (13.07), as três duplas do Brasil venceram todos os jogos que disputaram, sem perder nenhum set. Duda/Ana Patrícia (SE/MG). No torneio feminino, e Adriélson/Renato (PR/PB) e Gabriel Gouvêia/Rafael (RJ/PR), entre os rapazes, terminaram em primeiro dos respectivos grupos e avançaram direto para as oitavas de final, em Nanquim (CHN).

As atuais campeãs mundiais da categoria, Duda e Ana Patrícia (SE/MG), entraram em quadra apenas uma vez, no encerramento do grupo B, e venceram as mexicanas Valdez Lizarraga/Lopez por 2 sets a 0 (21/12 e 21/10), em apenas 21 minutos de confronto. Agora elas aguardam a realização da repescagem para conhecerem as adversárias nas oitavas.

No torneio masculino as duas duplas verde e amarelas também mantiveram a invencibilidade. No grupo B Adrielson e Renato Andrew (PR/PB) começaram o dia com vitória sobre os moçambicanos Andela e Mondlane por 2x0 (21/9 e 21/14), em 30 minutos. Na sequência os brasileiros enfrentaram uma dupla da Argentina, Zelayeta e Amieva, com novo triunfo em dois sets (21/18 e 21/15), em 32 minutos. O paranaense Adrielson comemorou o bom resultado.

“Nós estamos muito felizes pelas vitórias de hoje, e por terminarmos em primeiro no nosso grupo. Tivemos bons desempenhos até agora. O nosso foco é o ouro e vamos dar o nosso máximo para alcançar este objetivo”, comentou Adrielson.

Pelo grupo D, Gabriel Gouvêia, filho do campeão olímpico em Barcelona 1992 Carlão, e o parceiro Rafael, também levaram a melhor nas duas partidas desta quinta-feira. No primeiro jogo passaram pelos holandeses Blom e Penninga por 2x0 (21/17 e 21/17), em 31 minutos. Um pouco mais tarde eles derrotaram a dupla do Irã Aghajani/Javad novamente por 2x0 (21/19 e 21/15), em 36 minutos. Nesta sexta-feira (14.07) acontecem a repescagem e as oitavas de final de ambos os naipes.

A fase de grupos é composta por 32 times em cada naipe, com oito grupos de quatro equipes. Eles jogam entre si e os primeiros colocados vão direto às oitavas de final. Segundos e terceiros disputam uma etapa adicional, a repescagem,

Realizado desde 2001, o Mundial Sub-21 tem o Brasil como principal vencedor, tendo conquistado 12 títulos: cinco no masculino e sete no feminino. Bruno Schmidt, Pedro Solberg e Bárbara Seixas, que defenderam o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, estão no hall de vencedores da competição

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Parceiros Oficiais