Com tranquilidade, Brasil estreia com vitória sobre o Quênia

Publicado em: 10/09/2017 11:50
Brasil defende o título conquistado em 2015 (Créditos: GettyImage/FIVB)

A estreia brasileira no Campeonato Mundial de voleibol feminino sub-23 foi bastante tranquila. Atual campeão, o Brasil enfrentou na primeira rodada a seleção do Quênia e fez bonito. Sem darem chances às adversárias as brasileiras venceram por 4 sets a 0 (15/2, 15/5, 15/12 e 15/10), em 49 minutos de partida no Sportna Dvorana Tivolo Hall, em Liubliana, capital da Eslovênia e sede do evento.

Na partida a maior experiência brasileira ajudou a manter a tranquilidade e minimizar os erros. As brasileiras fizeram 31 pontos de virada de bola, cinco de bloqueio e três de saque, e ainda receberam 21 pontos em erros adversários, enquanto cederam apenas 12. A ponteira Drussyla foi o destaque individual com 11 acertos, tornando-se a maior pontuadora do confronto.

“Como foi o primeiro jogo, acho que jogamos bem. Nós mantivemos o foco e todas fizeram uma boa partida. Vencemos o jogo impondo nosso ritmo desde o começo. O terceiro set foi mais complicado, mas conseguimos a vitória que queríamos”, contou Drussyla, que também é a capitã do time.

Após a estreia contra as quenianas, o time brasileiro terá um compromisso bem mais difícil na próxima rodada, quando enfrentará a Turquia, em uma reedição da final do último Mundial. Brasileiras e turcas jogam nesta segunda-feira (11.09), às 15h (hora de Brasília). E em seguida, o Brasil ainda terá Japão, Cuba e Bulgária pela frente no grupo B.

Nesta edição do Campeonato Mundial está em fase de testes uma nova fórmula de disputa das partidas, que são realizadas em melhor de sete sets de quinze pontos. A briga pelo primeiro lugar no pódio conta com 12 seleções divididas em dois grupos de seis onde todos jogam entre si. Os dois melhores de cada chave avançam para as semifinais. A grande decisão está marcada para o dia 17 de setembro.

O Brasil tem no elenco as levantadoras Lyara e Bruna Costa, as opostas Lorenne e Edinara, as centrais Lays, Mayany e Ingrid, as ponteiras Drussyla, Gabi Cândido, Maira e Talia, além da líbero Natália Araújo.

TABELA

10.09 (DOMINGO) BRASIL 4x0 Quênia (15/2, 15/5, 15/12 e 15/10)

11.09 (SEGUNDA-FEIRA) BRASIL x Turquia, às 15h (hora de Brasília)

12.09 (TERÇA-FEIRA) BRASIL x Japão, às 12h (hora de Brasília)

14.09 (QUINTA-FEIRA) BRASIL x Bulgária, às 12h (hora de Brasília)

15.09 (SEXTA-FEIRA) BRASIL x Cuba, às 15h (hora de Brasília)

 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

 


Parceiros Oficiais