Sada Cruzeiro comemora o título da Supercopa

Publicado em: 11/10/2017 23:47
Sada Cruzeiro comemora o título da Supercopa (Créditos: )

SUPERCOPA MASCULINA: Sada Cruzeiro é tricampeão

Equipe mineira conquistou o título pela terceira vez ao bater o EMS Taubaté Funvic por 3 sets a 1

De Fortaleza (CE), Clarissa Laurence – 11.10.2017

O Sada Cruzeiro (MG) é o campeão da Supercopa masculina de vôlei 2017. A equipe mineira venceu o EMS Taubaté Funvic (SP) por 3 sets a 1 (25/27, 25/22, 25/20 e 25/22), na noite desta quarta-feira (11.10), no Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza (CE), e conquistou o título pela terceira vez. A primeira conquista foi em 2015, em Itapetininga (SP), e a segunda no mesmo local, na capital cearense.

Campeão da Supercopa pela segunda vez, o oposto Evandro, um dos destaques da equipe cruzeirense, destacou a importância do título. “Sempre entramos tensos para jogar, pois sempre há muita pressão sobre o nosso time, mas fazemos um trabalho diário muito forte e sério e isso nos dá uma certa confiança. Mais uma vez, deu certo, conseguimos ganhar o título sobre uma excelente equipe, como a de Taubaté”, disse Evandro.

O oposto campeão olímpico ainda comemorou o resultado positivo desta noite e falou sobre o equilíbrio da partida. “O jogo de hoje foi definido nos detalhes e temos que ficar muito felizes por mais essa vitória, por mais esse título para o Sada Cruzeiro”, complementou Evandro.

Apesar de manter a hegemonia, o técnico do time celeste, Marcelo Mendez, fez questão de enaltecer o equilíbrio que vem pela frente, na disputa da Superliga 2017/2018. “Não somos o único time a ser batido. Tem nós, Taubaté, Sesi-SP, Sesc RJ, Vôlei Renata, enfim, são várias equipes que jogam em alto nível”, afirmou Mendez.

Pelo EMS Taubaté Funvic, o capitão Raphael analisou o andamento do jogo e a participação do seu time nesta Supercopa.

“A grande diferença do primeiro para os outros sets. No primeiro, conseguimos coloca-los em dificuldade, pressionando no saque, sacando bem taticamente e no decorrer do jogo não conseguimos mais fazer isso. Eles, ao contrário, nos botaram em dificuldade e, por detalhes, não conseguimos o objetivo de ser campeão. Mas, é um grande teste para o nosso time, que pegamos com muito agrado para começar a Superliga, que é um campeonato longo. Temos muito a melhorar”, disse Raphael.

Depois de Sada Cruzeiro x EMS Taubaté Funvic, será a vez da Supercopa feminina. O confronto entre Sesc RJ e Camponesa/Minas (MG) será no dia 13 de outubro, às 21h30, no mesmo local, e também com transmissão do SporTV.

O JOGO

O central Solé abriu o placar do jogo para o EMS Taubaté Funvic. Evandro respondeu para o Sada Cruzeiro. As duas equipes seguiram trocando pontos e estiveram empatadas em 4/4. O time paulista abriu dois em 8/6. Com Simon, os cruzeirenses chegaram ao empate novamente (9/9) e no ponto de saque de Filipe fizeram 10/9. Mais um empate em 14/14. Com ponto de saque de Lucarelli, a equipe de Taubaté fez 15/14. O Sada Cruzeiro assumiu o comando do marcador em 18/17 e o EMS Taubaté Funvic virou em 21/20. O placar voltou a ficar igual na reta final do set: 23/23. Otávio fez 24/23 para a equipe do interior de São Paulo. Lucarelli marcou 25/24.  Set seguiu bem disputado e no bloqueio de Raphael, o EMS Taubaté Funvic fechou em 27/25.

O segundo set teve um início parecido com o anterior. Em boa passagem de Isac pelo saque, o Sada Cruzeiro conseguiu abrir dois em 5/3. A equipe mineira abriu boa vantagem em 9/5 e o técnico do EMS Taubaté Funvic, Daniel Castellani, pediu tempo. O time paulista reagiu e aproximou no marcador em 8/10. Depois, encostou em 11/12. No ace de Evandro, o time cruzeirense voltou a abrir vantagem: 15/12. Com Simon bem no saque, o Sada chegou a 18/14. O adversário pediu mais um tempo. Depois de bom saque de Uriarte, Isac pontuou e o Cruzeiro abriu cinco de diferença (20/15). Depois de uma bola muito disputada, Lucarelli pontuou no bloqueio simples e o Taubaté encostou em 20/21. Evandro colocou o Sada Cruzeiro com o ponto do set (24/22) e, no bloqueio, o time celeste fechou em 25/22.

Filipe abriu o terceiro set com ace e o Sada Cruzeiro seguiu no comando do placar em 4/3. Em boa passagem de Leal pelo saque, o grupo mineiro abriu três de vantagem: 7/4. Castellani pediu tempo. O EMS Taubaté Funvic empatou em 7/7. O time Marcelo Mendez colocou diferença de três pontos (14/11) e o adversário parou o jogo. A vantagem do Sada Cruzeiro foi a seis em 17/11. Contando com erros do time taubateano, a equipe mineira foi a 20/12. Em boa passagem de Raphael pelo saque, o EMS Taubaté Funvic reduziu a distância no placar para 19/23. Mas, o Sada Cruzeiro conseguiu administrar a vantagem e fechou em 25/20.

No ace de Otávio, o EMS Taubaté Funvic fez 2/1 logo no começo da quarta parcial. O Sada Cruzeiro pontuou, virou e com bons saques de Uriarte, fez 5/2. Evandro marcou e levou o placar a 9/6. No ace de Simon, o time cruzeirense foi a 11/7, forçando Daniel Castellani a fazer um pedido de tempo. A vantagem do time mineiro passou a 13/8. No bloqueio de Solé, o Taubaté aproximou no placar em 12/14. O Sada pediu tempo. Na volta, no ponto de saque de Lucarelli, a equipe paulista encostou em 13/14. Com ponto de saque de Isac, foi a vez do Sada Cruzeiro marcou 16/13. Taubaté voltou a encostar em 15/16. A parcial seguiu com equilíbrio. O time mineiro abriu dois de vantagem, com Simon, em 19/17. No ace de Simon, 20/17. A O Taubaté encostou em 21/22 e o adversário pediu tempo. No final, 25/22 para o Sada Cruzeiro.

EQUIPES

SADA CRUZEIRO – Uriarte, Evandro, Simon, Isac, Leal e Filipe. Líbero – Serginho

Entraram –

Técnico: Marcelo Mendez

EMS Taubaté Funvic – Raphael, Wallace, Solé, Otávio, Dante e Lucarelli. Líbero – Thales

Entraram – Rafael, Renan, Ruiz

Técnico: Daniel Castellani

GALERIA DE FOTOS

http://2017.cbv.com.br/galeria/1949/fortaleza-ce---11.10.2017---supercopa-masculina---sada-cruzeiro-x-ems-taubate-funvic

Seminário do Voleibol

Teve início, também nesta quarta-feira, o Seminário Interdisciplinar de Voleibol, e o primeiro dia do evento contou com palestras dos técnicos participantes da Supercopa masculina: Marcelo Mendez, do Sada Cruzeiro, e Daniel Castellani, do EMS Taubaté Funvic, além do árbitro internacional, Alessandro Moreira.

O seminário, que teve a participação de técnicos, atletas e profissionais de Educação Física de toda a região, foi realizado no anfiteatro da Arena Castelão, e segue nesta quinta-feira (12.10), com a palestra do técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan.

O cronograma completo está em http://2017.cbv.com.br/noticia/24040/tecnico-da-selecao-masculina--renan-dara-palestra-em-fortaleza.

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais