Dentil/Praia Clube, Sesc-RJ e Vôlei Nestlé estão nas semifinais

Publicado em: 15/12/2017 23:32
Sesc RJ celebra ponto contra Pinheiros (Créditos: Erbs Jr./Sesc RJ)

As semifinais da Copa Brasil feminina 2017/18 estão definidas. Nesta sexta-feira (15.12), Dentil/Praia Clube (MG), Sesc RJ, Vôlei Nestlé (SP) venceram seus jogos e se garantiram na próxima fase. O Camponesa/Minas já tinha conseguido um lugar na fase decisiva na última quinta-feira (14.12). As semifinais da competição acontecerão no dia 18 de janeiro de 2018. A grande decisão será logo no dia seguinte, 19, e as três partidas serão realizadas no ginásio Jones Minosso, em Lages (SC). Os primeiros confrontos serão entre Praia e Minas e também Sesc RJ e Nestlé. 

O Dentil/Praia Clube, que já vem bem na Superliga 17/18 sendo o único invicto na competição, conseguiu um lugar na semifinal da Copa Brasil ao superar o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) por 3 sets a 0 (25/16, 25/16 e 25/14), em 1h20 de jogo, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG).

Em outro confronto decisivo, o Vôlei Nestlé (SP) jogou nos seus domínios e levou a melhor sobre o Hinode Barueri (SP) por 3 sets a 0 (25/15, 25/20 e 25/15), no José Liberatti, em Osasco (SP). A levantadora Fabíola elogiou a atuação do time do treinador Luizomar de Moura.

“Jogamos bem, erramos pouco e fomos consistentes do começo ao fim. Conseguimos imprimir tudo o que a gente tem preparado durante essas semanas de bastante trabalho. Sacamos bem, sistema defensivo e ofensivo funcionaram e isso dificultou para elas. Nosso time está crescendo e ainda tem muita coisa pra melhorar. Estamos no caminho", disse Fabíola.

No quinto set

O Sesc RJ conseguiu uma grande virada e carimbou o passaporte para a semifinal da Copa Brasil. A equipe carioca superou o Pinheiros (SP) por 3 sets a 2 (23/25, 24/26, 25/19, 25/22 e 15/12), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ).

A ponteira Kasiely teve atuação decisiva no tie-break e, com três pontos seguidos de saque, foi determinante na vitória do Sesc-RJ. A atacante parabenizou o grupo pela superação no confronto.

“Começamos o jogo cometendo muitos erros e elas vieram com tudo. O Pinheiros fez uma excelente partida. Nosso time teve altos e baixos. Acredito que dei um pouco de sorte no saque no final, mas o time está de parabéns pela superação durante o jogo. Estamos com problemas de contusão e o time todo tem sido importante”, explicou Kasiely.

O Camponesa/Minas (MG) foi a primeira equipe a garantir um lugar na semifinal ao superar, na última quinta-feira (14.12), o Fluminense (RJ) por 3 sets a 1 (25/15, 23/25, 27/25 e 25/20), na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

O JOGO - Sesc RJ x Pinheiros

Com um ponto de saque da ponteira Peña, o Sesc RJ fez 4/2 no início do primeiro set. O Pinheiros cresceu de produção e virou o marcador (5/4). Bem no saque e no bloqueio, o time da capital paulista fez 9/6. Quando o Pinheiros abriu quatro pontos (12/8), o treinador Bernardinho pediu tempo. O time paulista continuou melhor e aumentou a vantagem para seis pontos (18/12). Neste momento, o treinador Bernardinho trocou as ponteiras. Entrou Kasiely e saiu Peña. Numa boa sequência de saques da levantadora Roberta, o time carioca encostou (18/15). E foi com um ponto de saque da levantadora Roberta que o time carioca diminuiu a vantagem no marcador para um ponto (22/21). O Pinheiros segurou a reação das donas da casa e levou a melhor no primeiro set por 25/23.

O Sesc RJ voltou melhor para o segundo set, fez 4/1 e o treinador Paulo de Tarso pediu tempo. O Pinheiros melhorou e diminuiu a vantagem no placar (6/5). A parcial ficou disputada ponto a ponto. Bem no saque, o time carioca abriu três pontos (11/8). Com um ponto de bloqueio, as visitantes encostaram (12/11). O saque das paulistas era eficiente e o Pinheiros empatou (14/14). Bem no bloqueio, o Sesc RJ voltou a abrir no marcador (18/16). O saque das paulistas funcionou e o Pinheiros assumiu a liderança no marcador (20/18). O Pinheiros foi melhor nos momentos decisivos e venceu o segundo set por 26/24.

O Sesc RJ começou o terceiro set ditando o ritmo da parcial e chegou a abrir 11/4 no placar. O Pinheiros cresceu de produção no final da parcial e encostou (18/16). O time carioca segurou uma reação da equipe paulista e venceu o terceiro set por 25/19.

O Sesc RJ seguiu melhor no início do quarto set  e fez 5/2. Neste momento o treinador Paulo de Tarso, do Pinheiros, pediu tempo. O saque das cariocas dificultava a recepção do Pinheiros e o time da casa fez 9/3. O Pinheiros se aproveitou dos erros das cariocas e empatou (12/12). Com um ponto de contra-ataque, o time paulista fez 17/16. Bem no bloqueio, o Pinheiros abriu dois pontos (19/17). Numa boa sequência de saques da levantadora Roberta, o time carioca virou o marcador (22/19). O Sesc RJ segurou a vantagem até o final e venceu o quarto set por 25/22.

A oposta Monique fez o primeiro ponto da parcial. O quinto set começou equilibrado. Com um ponto de saque, o time paulista abriu dois pontos (7/5). A parcial decisiva ficou equilibrada até o final quando a ponteira Kasiely foi para o saque. A atacante conseguiu três pontos de saque e o time carioca fechou a parcial por 15/12 e o jogo por 3 sets a 2.

EQUIPES:

SESC RJ – Roberta, Monique, Peña, Drussyla, Juciely e Vivian. Líbero –  Fabi
Entraram – Kasiely, Linda, Vitória, Natiele
Técnico – Bernardinho

PINHEIROS – Bruninha, Bruna, Mari Cassemiro, Ivna, Roberta e Milka. Líbero – Jú Paes
Entraram – Diana e Lays, Lana, Maira 
Técnico – Paulo de Tarso

TABELA COPA BRASIL FEMININO   

Quartas de final

14.12 (QUINTA-FEIRA) – Camponesa/Minas (MG) 3 x 1 Fluminense (RJ), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/15, 23/25, 27/25 e 25/20)
15.12 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 0 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 19h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) (25/16, 25/16 e 25/14)
15.12 (SEXTA-FEIRA) – Sesc RJ 3 x 2 Pinheiros (SP), às 20h, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (23/25, 24/26, 25/19, 25/22 e 15/12)
15.12 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Nestlé (SP) 3 x 0 Hinode Barueri (SP), às 19h30, no José Liberatti, em Osasco (SP) (25/15, 25/20 e 25/15)

Semifinal

Jogo 5 - 18.01 (QUINTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) x Camponesa/Minas, em horário a ser definido, no Jones Minosso, em Lages (SC) 
Jogo 6 – 18.01 (QUINTA-FEIRA) – Sesc RJ x Vôlei Nestlé (SP), em horário a ser definido, no Jones Minosso, em Lages (SC)

Final

Jogo 7 – 19.01 (SEXTA-FEIRA) – Vencedor do jogo 5 x Vencedor do jogo 6, às 21h30, no Jones Mimoso, em Lages (SC) – SporTV 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais