CBV - Sesc RJ, Sada Cruzeiro e EMS Taubaté Funvic estão nas semifinais Confederação Brasileira de Voleibol 

Sesc RJ, Sada Cruzeiro e EMS Taubaté Funvic estão nas semifinais

Publicado em: 09/01/2018 21:49
O EMS Taubaté Funvic venceu em casa (Créditos: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic)

Estão definidos os semifinalistas da Copa Brasil masculina de vôlei 2018. Na primeira rodada da competição, que aconteceu nesta terça-feira (09.01), Sesc RJ, Sada Cruzeiro (MG) e EMS Taubaté Funvic (SP) venceram os seus respectivos jogos e estão garantidos na próxima fase. Os três times se juntarão ao Sesi-SP, que será sede da Fase Final.

As semifinais serão no dia 25 de janeiro e a grande decisão no dia 27, sempre no ginásio do Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). A final terá transmissão do SporTV.

No primeiro jogo desta terça-feira, o Sesc RJ recebeu o Corinthians-Guarulhos (SP) no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), e venceu por 3 sets a 0 (26/24, 25/17 e 25/20). Após a vitória, o técnico Giovane Gávio destacou a importância de estar classificado para a próxima fase da Copa Brasil. 

“Estar entre os quatro melhores já era um dos nossos sonhos e agora é trabalhar bem para chegar na semifinal e jogar bem. Essa fase tem tudo para ser uma prévia do play-off da Superliga e o nosso desejo é ter condições de jogar de igual para igual com essas grandes equipes”, disse Giovane.

Também nesta terça, o Sada Cruzeiro enfrentou uma partida bastante equilibrada e, com o apoio de sua torcida, que encheu o ginásio do Riacho, em Contagem (MG), com o total de 1.700 pessoas, venceu o Vôlei Renata (SP) por 3 sets a 2 (25/15, 24/26, 21/25, 25/22 e 15/9). 

“Foi uma partida equilibrada. O nosso time deixou de agredir o adversário em alguns momentos e eles jogaram muito bem, principalmente no saque. No decorrer da partida, soubemos equilibrar e fechar o set. No quinto, conseguimos uma boa sequência de saque e isso foi importante. Conseguimos manter a cabeça no lugar e jogar o jogo. Isso foi o diferencial”, disse o central do Sada Cruzeiro, Sada Cruzeiro. 

Em Taubaté (SP), o EMS Taubaté Funvic também garantiu sua vaga na semifinal ao bater o Minas Tênis Clube (MG) por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 19/25, 25/22, 25/21 e 26/24. O ginásio do Abaeté ficou lotado, com a presença de duas mil pessoas. 

“Não entramos bem na partida, deixando o jogo rolar e conseguimos mudar a situação com uma maior agressividade a partir do segundo set. Isso foi o principal e é algo que o Daniel (Castellani, técnico do time) sempre nos pede. E consequentemente conseguimos fazer os fundamentos melhor. Passamos a sacar melhor, passar, defender, atacar e assim conseguimos a vitória”, disse o líbero do EMS Taubaté Funvic, Thales.

Os três vencedores destes confrontos estarão classificados para a semifinal da Copa Brasil, onde já está o Sesi-SP, sede da fase final. A etapa seguinte será realizada nos dias 25 e 27 de janeiro e a grande decisão terá transmissão ao vivo do canal SporTV.

O JOGO

Maurício Borges abriu o placar da partida para o Sesc RJ. No bloqueio de Rivaldo, o Corinthians-Guarulhos virou o set em 3/2. O time da casa voltou a ter o comando do marcador em 7/6. Com mais um ponto de bloqueio, a equipe paulista marcou 10/8. Quando novamente no bloqueio, o Corinthians-Guarulhos fez 12/8, o Sesc RJ pediu tempo. O time carioca reagiu e encostou em 12/13. No ace de Maurício Souza, 15/14. O Corinthians-Guarulhos colocou dois de vantagem em 20/18. A reta final do set seguiu melhor para o time visitante, que fez 22/20. No erro do adversário, o Sesc RJ empatou em 23/23. A parcial seguiu bem disputada e, no bloqueio de Maurício Borges, o Sesc RJ fechou em 26/24.

Assim como o primeiro, o segundo set começou com equilíbrio. O Corinthians-Guarulhos teve um de vantagem em 4/3 e Renan deixou tudo igual em 4/4. No ponto de saque de Sidão, o time paulista marcou 7/4. Na sequência, abriu três de vantagem (10/7) e o técnico Giovane pediu tempo. Com Maurício Borges, o Sesc RJ chegou ao ponto de empate em 11/11. O Corinthians-Guarulhos marcou 14/13 e os donos da casa empataram. O Sesc RJ reagiu e, no bloqueio, fez 17/14. No bloqueio de Maurício Borges, 20/15. O set seguiu favorável ao Sesc RJ, que marcou 23/16. No final, vitória mais tranquila do time carioca, que fechou em 25/17.

No ponto de João Rafael, o Sesc RJ colocou dois de vantagem logo no começo do terceiro set: 4/2. No ponto de saque de Renan, a equipe da casa chegou a 8/4 e o Corinthians-Guarulhos pediu tempo. Novamente com João Rafael, o Sesc RJ fez 9/7. Com ponto de bloqueio de Riad, o time de São Paulo encostou em 9/10. E, no saque de Fábio, 10/10. Com Maurício Borges atacando pelo fundo meio, o Sesc RJ fez 16/13. O placar ainda foi a 19/15 a favor dos donos da casa. E, no final, o Sesc RJ fechou em 25/20.

EQUIPES

SESC RJ – Thiaguinho, Renan, Maurício Souza, Tiago Barth, João Rafael e Maurício Borges. Líbero – Tiago Brendle
Entraram – PV, Everaldo
Técnico: Giovane Gávio

CORINTHIANS-GUARULHOS – Rodrigo Ribeiro, Rivaldo, Sidão, Luizinho, Mineiro e Fábio. Líbero – Serginho
Entraram – Riad, Gabriel Cândido, Ygor Ceará, Cesinha
Técnico: Alexandre Stanzioni

COPA BRASIL MASCULINA

Fase classificatória

09.01 (TERÇA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 2 Vôlei Renata (SP), às 20h, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG) (25/15, 24/26, 21/25, 25/22 e 15/9)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ 3 x 0 Corinthians-Guarulhos (SP), às 17h, no Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (26/24, 25/17 e 25/20)
09.01 (TERÇA-FEIRA) – EMS Taubaté Funvic (SP) 3 x 1 Minas Tênis Clube (MG), às 20h, no Abaeté, em Taubaté (SP) (19/25, 25/22, 25/21 e 26/24)

Semifinal

25.01 (QUINTA-FEIRA) – Vencedor do 1º x 6º x Vencedor do 2º x 5º, às 17h30, no Sesi-SP Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)
25.01 (QUINTA-FEIRA) – Sesi-SP x Vencedor do 3º x 4º, às 20h, no Sesi-SP Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)

Final

27.01 (SÁBADO) – Vencedor do jogo 4 x Vencedor do jogo 5, às 21h30, no Sesi-SP Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) – SPORTV 

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro
 


Parceiros Oficiais